Os pirralhos

baby babies baby growth

quarta-feira, 14 de março de 2007

Estadia na Maternidade (Hospital de Santa Maria)

Por várias razões, não gostei muito.
Logo após a minha filha ter nascido, eles colocaram-na na minha barriga, de costas para mim.
Ela nem chorou. Parecia que miava como um gatinho bebé.
Levaram-na logo. Estive sem ela talvez um pouco mais de meia hora, 40 minutos. Não sei precisar. Retiraram-me a placenta. Pesava mais de 3 kg! Coseram-me. Levei apenas 4 pontos.
Não senti nada. Na verdade, estive sempre muito bem. A epidural durou até às 4 horas da manhã, mais coisa menos coisa.
Deixaram-me sozinha na sala de partos por duas vezes, pois ao lado esta uma mulher a ter gémeos por parto natural. Os médicos estavam curiosos e todos à volta.
Ninguém me dizia nada da minha bebé. Tive de perguntar. Disseram-me que tinha sido levada para aquecer.
Por volta da 01h15, levaram-me de maca para o corredor do bloco de partos. Pouco depois trouxeram-me a minha filha. Foi a primeira vez que a vi e foi fascinante. Parecia uma chinesinha, com os olhos muito inchados e rasgados. As sobrancelhas pareciam unidas e lourinhas. O nariz, deu para ver logo, era igual ao do pai. O olhinho era azul.
Coloquei-a logo na mama. Senti algumas dificuldades para ela pegar, mas penso que era da posição.
O pai veio ver-nos, e vieram-me lágrimas aos olhos, quando olhei para ele e para ela, fruto do grande amor que nos une.
O pai este perto de nós talvez 45 minutos, ou mesmo nem isso. Perguntou à enfermeira quanto ela pesava: 3, 290 Kg.
Quando me entregaram a bebé, disseram-me que a bebé tinha umas feridas na cabeça, resultantes da extracção por ventosa. Mas só na enfermaria vi a extensão da ferida. Uma bela ferida redonda, com direito a um grande hematoma e alto. Parecia que a cabeça tinha sido sugada naquele lado. Umas feridas a porra! O que a minha pequenina sofreu!
Depois fomos levadas para a enfermaria. É daqui que tenho mais más recordações.
Tentaram que eu fizesse o levante por volta das 6h00 da manhã. Resultado: desmaiei. Tive tensão alta e depois tensão baixa.
Na dia em que ela nasceu, ela chorou desde as 17h até por volta das 3h da manhã. Diziam que era cólicas, que eu a excitava muito, que a abanava muito. Ela tinha um choro muito forte e alto. Eu não a conseguia acalmar. Sentia-me uma péssima mãe e as enfermeiras reforçavam esta ideia.
Finalmente, uma mente mais iluminada percebeu que a razão do choro era fome. A Daniela, que devia beber apenas 20 ml de suplemento, bebeu 60! Imaginem a fome!
Como em tudo, há bons e maus profissionais. Nunca nenhuma enfermeira me ensinou qual era a posição mais adequada para ela mamar. Mas sabiam criticar. Uma enfermeira chegou mesmo a afirmar que a minha bebé devia ter algum problema, para chorar tanto e pela forma como o fazia.
As primeiras colegas do quarto também não ajudavam. Não eram muito compreensivas. Uma chegou mesmo a dizer que se ela chorava era porque eu não tinha mamas adequadas para dar de mamar.
E por falar em mamas, nem sabem quantas vezes me espremeram as mamas, vendo se eu tinha colostro, quando eu pedia suplemento para a bebé! Uma falta de respeito.
Senti-me mesmo um animal ali fechada. Só me apetecia assinar um termo de responsabilidade e ir-me embora. Só não o fiz porque não podia trazer a bebé comigo.
Mas também houve lá boas enfermeiras e compreensivas.
Finalmente tive alta, e o que me soube ver, ao fim de 4 dias, a luz do sol, juntamente com a minha filha.

3 comentários:

Simplesmente Maria disse...

Acabaste de me deixar bastante apreensiva. Estou em fase de definição de médico e estou indecisa se quero alguém que faça serviço no Hospital de Santa Maria ou na Magalhães Coutinho. Mas esta tua história deixou-me seriamente a pensar...Tudo de bom para ti. Bjcs.

[_Sedusa_] disse...

Olá Cláudia Braz!

Sei que o meu comentário é muito após do apoio que precisavas na altura em que o escreveste mas não posso deixar de deixar as minhas palavras.
Estou grávida novamente e digo novamente porque em 2010 tive a minha filha e tudo correu bem e fui tratada muito bem apenas me queixei e queixo de uma parteira que me rapou (pois não tive tempo) como se fosse uma sei lá o quê que estava ali e parecia que me estava a arrancar a pele e a ver a dilatação, metia-me os dedos lá por dentro à bruta que até o meu marido já se estava a começar a passar. Não tinha cuidado nenhum. De resto, desde que entrei até que saí, fui muito bem tratada. Desde médicos, médicas, parteiras, enfermeiras, enfermeiros e até auxiliares. Sempre foram impecáveis comigo. Houve uma enfermeira que falou um pouco mais grosso comigo ou então também posso admitir que poderia ser eu que estava sensível demais e até me veio as lágrimas aos olhos mas depois tudo passou.
Quanto ao recobro, deixaram-me ali mas com a bebé desde as 9:30 horas da manhã, o meu marido foi a casa e veio e mandou-me uma msg onde me perguntou onde estava pois ele já estava no quarto que eu iria ficar, eram por volta das 12:30 horas.
No que toca a dar a mama aos bebés, elas nem sequer devem de ter a noção que algumas mulheres são inexperientes em ser mães e que não nascem ensinadas. Eu tive muita dificuldade em dar de mamar à minha filha pois ela pegava mas quando deixou a mama, não conseguia pô-la e só dormia até mesmo enfermeiros e enfermeiras viam-se à rasca para ela ficar na mama até que uma (que não me lembro do nome mas que era uma simpatia e novinha) que teve a brilhante ideia de enganá-la e então pediu o suplemento e deu-lhe mas disse-me para preparar a mama e assim fiz e a minha filha a partir dali começou a pegar sempre na mama.
Nem todos parecem ser humanos e lá por estarmos um pouco incapacitados ou não sabermos, não quer dizer que somos péssimas mães mas sim e apenas inexperientes. Elas também na nossa área de trabalho são umas incapazes e péssimas certo?
Quanto à situação dos muitos médicos estarem de volta de uma mãe a ter gémeos, não é para desculpá-los mas é para não pensares de maneira negativa e pensa que haveria ali alguma coisa que tentavam ajudar pois tu já estavas com a bebé cá fora.
Achei uma estupidez não te terem deixado mais tempo mas se calhar foi por causa do hematoma que provocaram com a ventosa quando a retiraram mas sabes que por mais que elas tenham cuidado é sempre arriscado e as bebés são muito frágeis e ficam logo marcadas. E pensa que foi para tratar da tua menina que elas tiraram rápido.
A minha irmã teve bebé na mesma altura que eu e posso-te dizer que o parto dela foi complicado e que a bebé dela foi tirada à ventosa também, graças a Deus não ficou com mazelas apenas com a cabeça bicuda.
Não penses que todos os profissionais são maus pois a mim calhou-me uma equipa profissional. Também quando tiveram que me mandar um berro para não puxar ou para puxar também o fizeram mas é para o nosso bem.
Desejo-te muitas felicidades por mais que já tenha passado tanto tempo.
Beijinhos

a片 disse...

a片寫真
線上看a片直播a片下載
色a片
線上免費看a片
a片寫真
色a片下載
免費a片下載無碼
a片情報站
成人a片
情色a片