Os pirralhos

baby babies baby growth

quinta-feira, 20 de setembro de 2007

Coitada da criança, que não tem culpa... ou o que vai ser desta criança?

"Eu não amo esta criança. Sempre que olho [para ela], assaltam-me memórias da violação. Tento fazer o melhor. Entendo que ela é inocente. Tento amá-la, mas não consigo".

Aline Uwimbabazi
uma das mulheres vítima de violação sexual no Ruanda, falando da filha Deborah na reportagem "Filhos da Guerra", da Newsweek

Citação retirada da Revista Máxima, página 84, Outubro de 2007

Adenda: Não estou a julgar a mãe. é muito triste, tanto para a mãe, como para a criança! Mas, não consigo imaginar uma mãe a criar uma criança, e não lhe conseguir dar o amor que ela merece. Mas também não consigo imaginar o sofrimento dessa mãe.

13 comentários:

Andrea disse...

Nem sei o que dizer :(

Carina M disse...

Muito dificil, sem julgamentos de valor.
Bjs

Cláudia disse...

Eu tmb n sei o que dizer...
Compreendo essa mulher...
Mas por outro lado, a criança n tem culpa...
Complicado

aminhaprincesa disse...

Não imagino o que sentem essas mães...
Quanto á reunião de pais...ai eu nunca fui a nenhuma, mas quando for tambem vou estar assim!!!
Depois conta como foi!!!

jinhos

marta

Lisa_pt + Gil disse...

Essa é uma das razões pelas quais concordo com o aborto! É compreensível q assim seja... e não há palavras para descrever isso...

Olha qt à queda da daniela, tb já disse ao L. que temos de retirar o berço de dentro da cama, mas por outro lado estou mesmo a ver o Gil a enfiar-se pelas grades... enfim... eles ainda têm mts quedas a dar, mas nós como mães tentamos protege-los, apesar de algumas serem inevitáveis!

Joquinhas

Feijoca disse...

Como se costuma dizer, só quem passa por elas é que sabe. Limito-me a não julgar uma declaração como esta.

Beijinhos para ti e para a pequena Daniela.

Joana disse...

Nem dá sequer para imaginar uma situação destas... Quem somos nós para julgar.

rita disse...

Muito violento e, infelizmente, real...
Bjs

Sofy disse...

bem de repente ao ler o k acabei de ler fiquei sem saber o k dizer.
k cena....fogo.

Lil disse...

é triste... é nosso mundo... mas por certo essa mae vai tentar fazer o melhor por essa criança.

bjus

mamã vera disse...

Compreendo essa mãe... e tenho muita pena das duas... nenhuma tem culpa... que situação dificil... ainda por cima num pais tão pobre...

Beijocas

Patrícia disse...

Acho que ninguém a pode julgar nem condenar...

Bjs

gaia disse...

concordo contigo
não deve ser nada fácil... e a dor psicológica deve ser insuportável.